Populares Mês

Vá lá, mastiguem bem o Danilo Pereira, não vão engasgar-se...


Não houve qualquer surpresa, Danilo Pereira, como já se previa há semanas, foi apresentado pelo F.C.Porto - só não foi antes porque estava de férias. É um jogador jovem, forte fisicamente, com técnica, talento e potencial, se tudo correr normalmente, vai crescer, ser um jogador muito importante, mesmo no curto prazo. O ex-Marítimo chega ao Dragão porque o F.C.Porto teve mais e melhores argumentos e podia ser um ponto final, mas não é.
É preciso dizer alguma coisa sobre o que se foi ouvindo e lendo em  acerca de Danilo, antes da sua apresentação formal de azul e branco vestido. Como podem concluir, clicando para ler, em cima das fotos da esquerda e da direita, depois de terem apresentado Danilo como reforço do Sporting, conclusão retirada porque o jovem internacional português falou com Jesus e se falou com o todo poderoso, com o milagreiro - veremos se na próxima época sem o andor não regressa o discurso do campeão só na PlayStation...-, só podia ser reforço leonino, as vaquinhas loucas da quinta da queimada e da lixeira da Cofina, andaram diariamente a dar cambalhotas à frente e à rectaguarda, tentaram arranjar todo o tipo de argumentos, até chegaram a falar de um contrato assinado entre Marítimo e Sporting, contrato esse com valor jurídico e sendo assim... Danilo só podia ser reforço do clube de Alvalade. Não é, é reforço do F.C.Porto e esta compilação só serve para mostrar como está o jornalismo em Portugal. No caso do jornal dirigido pelo Pastel de Belém, o editor para o Sporting, Hugo Forte, não passa de uma sopeira ao serviço dos leões, sempre disponível para todos os fretes que lhe peçam.

Com uma comunicação social, salvo raras excepções, sempre hóstil, os exemplos são aos montes, ou o F.C.Porto e os portistas, na próxima época, recuperam o espírito de luta e de combate ou então e nem preciso de dizer porquê, vai ser o bom e o bonito.

Como nós compreendemos os freteiros e recadeiros ao serviço dos pretos da Luz


A maioria dos clubes, F.C.Porto incluído, decidiram em Assembleia Geral da Liga optar pelo sorteio dos árbitros. A decisão tem de ser ratificada pela F.P.F., mas se não houver surpresas em que o futebol é fértil, na época 2015/2015 os homens do apito deixarão de ser nomeados. Não é uma solução que me entusiasme, mas atendendo às circunstâncias, mais à frente falaremos de quais, compreendo a decisão do meu clube. Como era expectável a decisão não agradou ao Benfica, logo, não agradou aos freteiros e recadeiros ao serviço do clube do regime. Basta estar atento ao que se diz e escreve por aí, para perceber a preocupação de alguns vendilhões do templo. Quem ler este artigo de Fernando Guerra, o conhecido reco-reco, fica esclarecido, desde as razões porque desceu Marco Ferreira, até, porque ganhou o Benfica dois campeonatos consecutivos. Qual é o problema do árbitro escolhido para arbitrar a final da Taça de Portugal e árbitro internacional, que em nenhuma classificação dos OCS ficou em zona de descida, ter descido de divisão? Nenhum. Qual é o problema de um árbitro fraquinho, fraquinho, como Tiago Martins ser escolhido para internacional, só porque Vítor Pereira quis? Nenhum. Qual é o problema de Pedro Proença, um dos melhores árbitros do Mundo, ter dito que a arbitragem era um caos e ter deixado a arbitragem antes do limite de idade? Nenhum. Qual é o problema de Bruno Paixão, esse exemplar da asneira e que precisou que lhe gritassem aos ouvidos, marca penalty, caral... quando estava a um metro do defesa do Benfica que cometeu a falta, ficasse em sexto lugar? Nenhum. Qual o problema de Vítor Pereira, por pressão do Benfica, se ter colocado de cócoras e vir fazer análises às prestações dos juízes em 2010, só porque o clube do regime teve razão de queixa de uma ou outra arbitragem, mas nesta época que passou não ter feito o mesmo, perante o despautério de nomeações à la carte e prestações vergonhosas que levaram os mais insuspeitos dos comentadores a dizer que o andor ia carregado de vermelho, ou será preto? (*) Nenhum. Portanto, perante tanta falta de pudor, dois pesos e duas medidas na nomeação e nos critérios dos árbitros, não é natural que o F.C.Porto e é esse que nos importa, tenha desconfianças em relação ao líder da arbitragem? É! Só não é para o Benfica e alguns dos seus lacaios que fazem "jornalismo" com a camisola do clube do regime vestida, cachecol ao pescoço e bandeira na mão, de que é exemplo paradigmático, o reco-reco Guerra.

(*) - Leonor Pinhão, a nossa boa amiga e conhecida fofa com U, diz que fizemos uma aliança com os verdes e inspirada no novo equipamento alternativo do F.C.Porto, chama-nos castanhos. Quanto à aliança nem vale a pena comentar, é um delírio da fofa com U - diz-nos o que precisas, fofinha... -, mas se nós porque o nosso alternativo é castanho, passamos a ser os castanhos, como o alternativo do clube do regime já foi preto... sempre que me lembrar, vai ser: os pretos da Luz. Até facilita e evita confusões políticas.

Notas finais:
Se o Sporting já era um circo, agora com o lacrau que vai picar e acordar o leão adormecido... vão ser shows diários. Octávio Lacrau Machado, como sempre tem acontecido, à entrada é tudo um mar de rosas... o problema vai ser à saída...
Entretanto, a tão falada bomba que ia estourar ontem em Alvalade, passou um bocado despercebida, mas sempre apareceu - aqui.

Fabiano e Abdoulaye foram emprestados ao Fenerbahçe. Vão para um excelente e exigente clube, um campeonato cada vez com mais visibilidade e terão um treinador, Vítor Pereira, competente e que os conhece bem. Que sejam felizes!

O brasileiro Souza, outro ex-F.C.Porto, também vai para o mesmo clube e os Dragões que já tinham recebido uma verba quando saiu para o Brasil, vão receber agora mais 2 milhões de euros. Não se tendo afirmado na Invicta, Souza que já chegou a internacional A, é um bom exemplo de um jogador com valor, mas que por várias razões não se impôs no F.C.Porto.

PS - Já sabemos que quando se trata do F.C.Porto os filmes têm sempre enredos muito tenebrosos, as pessoas são trituradas, arrasadas, extrapola-se até aos infinitos, quase sempre tudo com origem na lixeira da Cofina, onde o cheiro é nauseabundo. Por isso, tudo que vá para além deste comunicado é pura especulação e aqui não tem cabimento.

Estou de regresso e com remédio para as comichões que andam por aí...


Ainda não é um regresso a 100%, mas já começou a época 2015/2016 no Dragão até à morte. Em primeiro lugar um agradecimento acompanhado de um abraço a todos os que tiveram a preocupação de deixar ao dono do tasco o desejo de boas-férias. E foram boas, podem crer. Vamos ao que interessa...
Parece que para alguns, se o F.C.Porto tivesse a possibilidade de contratar Lionel Messi, mesmo que fosse com ajuda de um fundo, não o devia fazer, isso não é Porto. Para mim e que fique claro, se para chegar a alguns jogadores de grande qualidade, o F.C.Porto tiver de recorrer a ajudas, desde que isso não signifique qualquer loucura, deve fazê-lo, sempre! É o caso da contratação de Giannelli Imbula. Não conheço o jogador, mas pelas informações que fui recolhendo junto de pessoas que o conhecem bem, trata-se de um jogador de grande qualidade, que era pretendido por grandes clubes, veio para o F.C.Porto, para mim e espero que para todos os portistas, seja um motivo de grande satisfação. 20 milhões podem parecer uma loucura, mas como acredito que rapidamente vamos alienar uma parte do passe, aquilo que vamos gastar na compra do internacional francês é uma verba dentro das nossas possibilidades. E se não acontecer nada de anormal, diz quem conhece o jogador, rapidamente conseguiremos ter um significativo retorno. É esta a política desportiva do F.C.Porto, é esta política que nos pode manter a um nível alto e é esta política que eu apoio e não é agora, é desde que sem dinheiro para mandar cantar um cego, fomos buscar Fernando Gomes ao Gijon por uma verba elevadíssima; foi assim, com esta política ousada, que construímos em 1986/1987 um plantel muito acima das nossas possibilidades, mas que nos levou à glória suprema e ao feito histórico de Viena.
Claro que isto provoca comichão em certas cabecinhas que desde logo começam com as já costumadas teorias da conspiração, traçando cenários tenebrosos, como se viu em relação ao empresário de Maxi Pereira. Paco Casal é agora um bandido da pior espécie, mas que no passado recente era um anjinho, mesmo que para tratar da renovação do "Cantinflas" tivesse exigido a vinda de meia dúzia de uruguaios desconhecidos, alguns que nunca jogaram pelo clube do regime. Mas vão ter azar, o dono do tasco esteve num sítio onde havia uma água miraculosa e que trata a comichão em dois dias.

O panfleto da queimada, fiel a um jornalismo prostituído e anti-portista, sempre disponível para abrir as portas da casa a quem quiser dizer cobras e lagartos do F.C.Porto - Presidente, dirigentes, técnicos, jogadores e até adeptos -, deu guarida ao empresário de Jackson, um tal Pompeo e o Pompeo aproveitou. Ameaças veladas, chantagem, género, agarrem-me senão... os portistas não conhecem bem o seu clube, mas eu conheço, se me chatearem faço e aconteço, digo isto e aquilo, disse o "cavalheiro". Tanga, conversa da treta, fez as delícias dos porcos da bola, mas se o Pompeo conhecesse de facto bem o F.C.Porto, saberia que no Dragão ninguém se deixa impressionar, nem tem receio dos pompeos desta vida. As coisas ou se fazem direitinho, ou então podem ameaçar à vontade, mas daqui não levam nada. Portanto, se em vez de andar a gritar, Pompeo tratasse da transferência como deve ser, isto é, o Atletico bate a cláusula e pode ficar com o Cha todo, mas enquanto essa garantia não foi apresentada... não houve Jackson para ninguém.

Na apresentação de Jorge Jesus só faltou o Zé Malhoa

Ljubomir Obradovic deixa o F.C.Porto


Quem acompanha o Dragão até à morte sabe a adimiração que tenho pelo técnico sérvio e por isso a sua saída deixa-me triste. Ljubomir Obradovic é para mim o paradigma do que é um treinador completo: grande profissional, competente, exigente, mas amigo, eterno insatisfeito. Ganhou seis campeonatos consecutivos, conseguiu alguns brilharetes na Champions League, transformou e formou jogadores. Não sei as razões porque sai, mas espero sinceramente que seja uma saída pacífica, porque era do interesse das duas partes. Espero também que seja possível o F.C.Porto fazer-lhe uma homenagem de despedida, porque há treinador que deixam marcas e saudades e esses não podem sair como um treinador qualquer.
Desejo a Obradovic as maiores felicidades e muitos sucessos, obviamente, desde que não colidam com os interesses do F.C.Porto. O seu substituto já está encontrado, é Ricardo Costa, um dos nossos, ex-jogador e adjunto de Obradovic no F.C.Porto, foi técnico do ISMAI na época que passou. Recebe um herança pesadíssima, mas com o apoio de todos, tem tudo para conseguir bons resultados, dar continuidade à hegemonia portista, conquistar o Octacampeonato.

Mais sobre Obradovic Aqui - Aqui - Aqui

Jackson a sair, André André a entrar


Jackson escolheu o Milan, disse ontem Jorge Nuno Pinto da Costa no 10º aniversário da Casa do F.C.Porto de Argoncilhe. Por sua vez, em Itália, o presidente do clube italiano, Silvio Berlusconi, disse que o colombiano está muito próximo. Cha Cha Cha chegou como um ilustre desconhecido, houve quem sem o conhecer logo dissesse dele cobras e lagartos, até a sua fisionomia foi criticada, o preço, então, diziam que era um absurdo. Tirando uma ou outra declaração de que não gostei, foi um jogador importante e sempre um profissional que respeitou o manto sagrado. Eu no que diz respeito ao Milan e depois dos dentes de Aly Cissokho, sou como São Tomé: tenho que ver para crer, mas como a saída é inevitável, se não for para o Milan será para outro clube, desejo a Jackson tudo de bom para a sua carreira.

O Líder portista também confirmou aquilo que já era muito falado, mas faltava a declaração oficial: André André é reforço portista. Como não acredito, até pelo que vejo aqui, que o filho de António André vá servir de moeda de troca - falava-se na ida para o Málaga envolvido no negócio da chegada ao F.C.Porto de Sergi Darder - desejo-lhe as maiores felicidades de Dragão ao peito. E se chegar ao nível do pai é muito difícil - ver aqui as minhas razões -, tenho a certeza que na atitude, carácter, espírito de conquista e respeito pela camisola azul e branca, não vai ficar nada a dever ao seu progenitor. Porque quem sai aos seus não é de Genebra... 

João Moutinho? Era bom, era...


Faz no início do mês que vem 5 anos, que acabadinho de chegar de férias, um amigo me ligou a dar conta da transferência iminente de João Moutinho para o F.C.Porto. Apesar da fonte ser muito credível e mesmo tendo a certeza quase a 100% de que era verdade, porque o assunto obrigava a alguns cuidados, dei um lamiré, mas só no dia seguinte ficou a certeza. Agora volta a falar-se na possibilidade de João Moutinho voltar ao Dragão. Não tenhamos dúvidas: o regresso do médio internacional português seria uma bomba, um sinal e um click para motivar e mobilizar o portismo. Um jogador como o actual jogador do Mónaco seria também a tal referência que tem faltado dentro do campo e de que tanto nos temos queixado, depois da saída de Lucho González. Embora no futebol tudo seja possível, veja-se a passagem de Jorge Jesus para o Sporting, é melhor não criar expectativas... mas confiando que se houver uma possibilidade não deixaremos de fazer tudo para a agarrar.
 
Heptacampeões de Andebol, o vídeo dos sete títulos, mad in Sérgio Gomes

É giro! Azul e branco...


O F.C.Porto através das redes sociais deu um pequeno lamiré do que vai ser o novo equipamento principal para a nova época. É giro! Azul e branco... Ainda não traz quem é o novo patrocinador principal, mas já nos dá a conhecer o símbolo da marca que nos vai equipar em 2015/2016, a new balance.

Se não forem estes... paciência... O objectivo do post não era mostrar os novos equipamentos.

- Copyright © Dragão até à morte. F.C.Porto, o melhor clube português- Edited by andreset