Populares Mês

Os chiqueiros, os queixinhas com complexo do coitadinho, no país das maravilhas


- Espera aí, ó Quim, é normal, prática corrente, quando há boas relações institucionais e pessoais entre clubes, os dirigentes almoçarem, lancharem ou jantarem em vésperas ou até em dia de jogo - na UEFA essa cortesia é sempre respeitada; Vieira e Salvador até parecem siameses, têm ou já tiveram negócios em conjunto, os resultados entre os dois clubes são quase sempre favoráveis ao Benfica e alguns até envergonham os verdadeiros braguistas; mas se o presidente do F.C.Porto almoçar com o líder do S.C.Braga, isso já é motivo para polémicas, para as mais tenebrosas e sinistras teorias da conspiração?
Não há dúvidas, agora vale tudo, os limites da decência, desfaçatez é constantemente ultrapassado, curiosamente, por alguns moralistas de trazer por casa. Enchem a boca para dizer que o futebol precisa de paz, tranquilidade, é preciso acabar com este clima de ódio e de conflitos permanentes, mas depois lançam estas notícias acompanhadas de insinuações rascas e torpes, alguns até pedem um comentário a ex-jogadores com grandes responsabilidades no futebol e eles em vez de recusarem alimentar estas nojeiras, colaboram, ajudam a promover estas poucas vergonhas.


Esta cultura leonina de permanentes queixinhas e que está enraizada em Alvalade há décadas, mete dó. Por exemplo, em casa do Sporting, Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol do F.C.Porto, já levou com tudo, desde água até urina e ninguém do F.C.Porto fez queixa a pedir interdições, armou um grande alarido. Mas apesar do F.C.Porto já ter feito o que devia, de não existir qualquer indício de que podia haver problemas, eles persistem na postura de coitadinhos que não fazem mal a ninguém e são sempre tão martirizados.
E a propósito, aí está a latrina da queimada a dar corda ao Varandas para fazer guerra ao F.C.Porto, na mesma linha do que  fizeram no passado - vá lá saber-se porquê, mas quando Varandas, em Fafe, se atirou ao Benfica, a pocilga nem tocou no assunto na capa, o freteiro com calo no cu como o macaco, Delgado, atacou logo o presidente do Sporting. 


Vá lá, escumalha da queimada, como o homem tem complexos de inferioridade e pelos vistos está muito incomodado que o associem a uma possível colagem ao F.C.Porto, promovam uma cimeira Varandas/Vieira, contra os Dragões, como fizeram no passado com outros presidentes do Sporting - as imagens são elucidativas. 
Se o objectivo são páginas vistas, comentários, cliques, esse é o melhor caminho. Ao menos não precisam de disfarçar, apregoar a moral e os os bons costumes, a paz, o bom relacionamento entre clubes, forcem o corte de relações como fizeram no tempo de Bruno de Carvalho e vão até às últimas consequências: gritem que é a hora de recuperar a Santa Aliança, quiçá colocar na agenda a fusão entre SLB e SCP.

Numa altura que o clube do regime está na berra pelas piores razões - um bom exemplo: fez muito bem o presidente do Conselho de Arbitragem em ir à PJ e denunciar o post de César das Malas, com o comunicado da nomeação de João Capela para o F.C.Porto vs Marítimo, no dia anterior ao jogo, quando a nomeação só era do conhecimento de um grupo restrito de pessoas. Não deve ser difícil descobrir como a informação lhe foi para às mãos e não há desculpas possíveis, por mais que o César das Malas use a cassete do anti-portismo primário e os comedores de gelados com a testa, delirem -, Varandas ajuda o amigo do outro lado da Segunda-Circular.

- Senhor doutor Varandas, acrescento e repito, um clube que tem adeptos que invadiram a sua academia e agrediram os seus jogadores, devia ter algum recato, não ir fazer queixinhas porque sucederam acontecimentos lamentáveis, mas imprevistos e o assunto já foi tratado pelo F.C.Porto como devia. E nem sequer refiro o curriculum do anjinho Miguel Alburquerque...
A ideia do nós somos diferentes, é uma teoria que não resiste a um pequeno exercício de memória. O desporto português precisa de mudar, mas não é com queixinhas, vitimizações, discursos sistematicamente calimeros.

Nota final:
Num país das maravilhas, onde não existem problemas na justiça, onde não há processos mediáticos que envolvem algumas figuras e figurões que se pavoneiam como se fossem grandes senhores e são tudo menos isso - em alguns desses processos os portugueses sérios já pagaram e vão continuar a pagar váriso milhares de milhões dos desvarios e as poucas vergonhas alheias -, é natural que esse grande criminoso chamado Rui Pinto, seja motivo de grande mediatismo, num circo em que alguns palhaços entendidos, trocam a arte de fazer rir para fazer papel de ursos...
Pobre e triste Portugal...


O critério do Capela, o Ferrari, a bofetada do Varandas... e um novo Dragão de Ouro, por Adriano Freire e MVP


«O FC Porto venceu o Marítimo por 3-0 num jogo com demasiadas e demoradas consultas do VAR. No lance mais polémico, ou pelo menos aquele que pode ter outras interpretações, João Capela expulsou aos 8 minutos um jogador dos madeirenses por falta sobre Marega, quando o maliano seguia isolado para a baliza. João Capela usou o mesmo critério que tinha usado aquando da visita da coletividade do César da Mala aos Açores. A única diferença é que expulsou Fábio Cardoso por falta sobre Pizzi quando o benfiquista ainda tinha dois adversários pela frente.
Em Moreira de Cónegos um Moreirense que não se inscreveu nas competições europeias e que vinha de um surpreendente resultado de 2-0 para 2-3 frente ao aflito Marítimo, foi goleado em casa. No meio das falhas defensivas de Ivanildo, ficam dois lances de golo com recurso ao VAR ainda com o marcador em branco. Um golo anulado aos Cónegos (sobre a polémica se a bola entrou ou não, alguém acredita que se a bola não tivesse entrado que a propaganda do regime não tinha colocado as imagens em tudo o que era órgão de informação????!!!), e outro validado aos visitantes. Ambos são duvidosos, se bem que o dos visitantes pareça mais adiantado do que o dos homens de Ivo Vieira. No entanto, um foi considerado fora-de-jogo e outro legal pelo árbitro a quem chamam "Ferrari", e não é pelo gosto dos carros do cavalinho.
O quarto classificado venceu o Santa Clara num jogo pobre e em que o empate se aceitava perfeitamente. Mas, o Sporting sofreu dupla derrota no Dragão, primeiro em hóquei com dois erros grosseiros dos árbitros, um para cada lado - no jogo da primeira volta os erros grosseiros e com influência no resultado foram 3, todos contra o Porto -; e em andebol onde o "meu" menino Miguel Martins comandou o Dragão para uma reviravolta espetacular nos últimos 10 minutos. O clássico do hóquei ficou ainda marcado por uma agressão estúpida à mulher de um dirigente do Sporting.

Perante isto o Porto sai do fim de semana com fortes razões de queixa da arbitragem em Moreira de Cónegos. No entanto, quem se lamenta das arbitragens é o beneficiado, queixando-se de dualidade de critérios de João Capela, que como referi atrás não existiram. E vê-los a queixarem-se de João Capela é de uma hipocrisia que vindo de quem vem já não pode surpreender. O que surpreende é o silêncio do FC Porto. A direção come e cala; o treinador está amuado com o Porto Canal (tem tantos motivos para amuar com outros mas... enfim) e não fala de arbitragens; o esforçado e dedicado Francisco J. Marques ainda reclama, mas as indicações da propaganda do benfiquistão são para serem apenas pequenas notas de rodapé.

Entretanto, o fim-de-semana também nos trouxe mais algumas novidades do César da Mala, principalmente da época em que o Sporting de JJ quase chegou ao título, mas o presidente do leões prefere marcar uma conferência de imprensa para falar da bofetada no Dragão Caixa. Quanto ao Presidente do FC Porto e sobre este assunto, chegava que perguntasse numa Conferência de Imprensa qual seria o tratamento que os órgãos de comunicação social dariam a este assunto se as suspeitas envolvessem o FC Porto - não é difícil imaginar, basta recordar o GD Estoril - FC Porto da época passada e as suspeitas infundadas levantadas por esse sujeito.
Por mim, e sem qualquer ponta de ironia, atribuía um Dragão de Ouro ao homem da mala. Não me lembro de alguém, nos últimos tempos, que tenha ajudado tanto o F.C.Porto todas vezes que fala ou escreve publicamente!!!!»

Em serviço combinado com o Adriano Freire e como complemento, umas coisitas mais sobre o golo invalidado ao Moreirense, sobre as declarações do presidente do Sporting, Frederico Varandas e um acorda Porto!
No primeiro caso, para além das muitas dúvidas sobre se o jogador do clube de Moreira de Cónegos estava ou não em fora-de-jogo - as opiniões entre os especialistas, dividem-se -, o que mais me impressionou foi a forma como a propaganda ao serviço do SLB - freteiros, recadeiros, cartilheiros e afins - conseguiu criar a ideia que a bola não entrou na baliza, como se de repente árbitros, assistentes, 4º árbitro, VAR e assistente de VAR, jogadores, treinadores e todo o staff que está nos bancos, quem estava a ver pela televisão, enlouquecesse. Se para mim não é estranho que essa capacidade da máquina de propaganda ao serviço do clube do regime, consiga tudo isso e muito mais, em relação a uma grande percentagem de benfiquistas, já é para mim de muito difícil compreensão que portistas tenham comido a ideia que a bola não entrou - não conhecem os métodos daquela gente? E o que dizer do jornal O Jogo que fez uma peça a afirmar que a bola não entrou, com imagens que provam tudo menos que a bola foi fora?
Este episódio diz muito sobre, desportivamente, mas não só, o país que somos.
Para os comedores de palha, com amor: está lá dentro!

Como no Sporting são todos uns anjinhos e não fazem mal a uma mosca, obviamente só temos de concluir que os dirigentes leoninos que estavam nos camarotes do Dragão Caixa não fizeram nada de nada, estavam sossegados e calados, alguém não gostou desse comportamento e foi lá bater-lhes. Ironia à parte, perante os lamentáveis e condenáveis acontecimentos, primeiro, o presidente do F.C.Porto ligou ao seu homólogo leonino e pediu desculpas, Depois, o F.C.Porto identificou o agressor, denunciou-o à polícia, proibiu-lhe a entrada no pavilhão, como se pode ver aqui. Portanto, fez o que era preciso fazer. Mas parece que Frederico Varandas não ficou contente, achou que não foi o suficiente, quer mais, só faltou a ameaça do corte de relações. Será que para o presidente do Sporting é necessário, sei lá, que os responsáveis do F.C.Porto se apresentem em Alvalade de baraço ao pescoço prontos para o sacrifício?
Deixemo-nos de conversa. Sabemos todos muito bem, já tem barbas e os exemplos são aos montes, atacar o F.C.Porto - presidente em particular - dá muita popularidade, faz as delícias da comunicação vermelha, aliás, como bem se viu nos destaques que deram os jornais aos acontecimentos e às declarações de Frederico Varandas. Mas espero que o líder leonino não enverede pelo caminho do seu antecessor, tal como ele, não comece por fazer do anti-portismo a maneira de ganhar popularidade fácil.

Em 3 de Março de 2013, num Sporting vs F.C.Porto, houve mosquitos por cordas, o presidente do F.C.Porto foi insultado, ameaçado, quase agredido na tribuna de Alvalade. Não sendo o presidente do F.C.Porto conhecido por ter comportamentos merecedores de censura nas tribunas dos estádios que visita, apesar desses tristes acontecimentos, ninguém do F.C.Porto rasgou as vestes, fez disso um grande caso, exigiu tudo e mais alguma coisa. Alguma comunicação social que agora destacou as declarações de Frederico Varandas, nem tocou no assunto, apenas a lixeira desportiva da Cofina falou no assunto e para dizer: "Godinho Lopes agarrou Reinaldo Teles pelo pescoço." Enfim, mais do mesmo...

PS 1 - Lá está a latrina da queimada a promover mais um vergonhoso e desonesto exercício para comedores de palha com origem na Luz, sobre erros dos árbitros a favor do F.C.Porto.
Sobre isso importa dizer mais o seguinte:
Enquanto o SLB mobiliza toda a máquina de freteiros, recadeiros, cartilheiros e prostitutos da escrita e da palavra para coagir, condicionar e pressionar a arbitragem, no F.C.Porto o tema é quase tabu, só Sua Excelência D.António Perdigão tem voto na matéria.

- Acorda Porto, se não acordas vais ser comido. Como se diz em cima, eles até conseguem transformar uma bola que entrou na baliza, numa bola fora... e com isso lá viraram o bico ao prego, colocou-se um não caso na agenda do dia e quase só se discutiu se a bola entrou ou não, quando se devia discutir se foi mais um golo mal invalidado ao SLB.

PS 2 - Iker Casillas mais uma época, pelo menos, no F.C.Porto. Uma excelente notícia, por todas as razões...

Modalidades: Fim-de-semana de sonho para o F.C.Porto!, por Pedro Pinto

Grande pujança das nossas modalidades! 

Sobre o futebol, queria apenas dar uma nota de satisfação pela vitória frente ao Marítimo, num jogo em que, apesar de todos os records estatísticos, expusemos claramente as nossas fragilidades ofensivas que, de alguma forma urge resolver, numa altura decisiva em que se avizinham grandes confrontos! Convinha também que a posição institucional do clube fosse, de uma vez por todas, mais incisiva na defesa do nosso bom nome e contra a podridão e… Boaventura que continua a verter de todo este benfiquistão sufocante!!!

Nas modalidades, o nosso andebol teve ontem uma tarde de sonho, ao conseguir eliminar o Sporting da Taça de Portugal, num jogo em que esteve sempre em desvantagem. A nossa ponta final fortíssima acabou por destruir os lagartos, mostrando bem o nível a que estamos! No basket…enfim, a glória!!! Num temporada com tantos equívocos e problemas, eis que veio a bonança! Os sinais já eram (finalmente!) evidentes desde a chegada de Tinsley e Graves, pois o nosso nível exibicional melhorou bastante, além da confiança que subiu exponencialmente! A conquista da Taça de Portugal 2018/19 vem confirmar este subir de patamar competitivo e augura mesmo um playoff de bom nível, em que temos legítimas expectativas no campeonato! No hóquei, e como duas alegrias nunca vêm só, excelente e importantíssima vitória sobre… o Sporting, num jogo altamente tático, com dois excelentes GR, em que fomos mais fortes, empurrados por um Caixa lotado e entusiasta, ficando agora o título bem mais perto, embora com algumas batalhas ainda por vencer!
Resumindo, o que mais poderia um portista querer deste fim de semana incrível??? Parabéns ás modalidades do nosso FC Porto!!! Foram ENORMES!!!

Andebol:
No Andebol, mais uma oportunidade para vencer o Sporting, esta época, desta feita para os 1/8 da Taça de Portugal! E, apesar de andar sempre atrás do resultado, o FC Porto conseguiu, através de uma ponta final fortíssima, com um parcial de 9-1 (!!!) nos últimos 12 minutos, vencer a partida por 28-23! Os ¼ de final serão jogados frente ao Belenenses, equipa aliás com quem iremos iniciar a fase final, já na próxima 4ª feira. Assim, partimos para a conquista da Taça de Portugal como favoritos, uma vez que Sporting e regime já estão fora!
Destaco ainda as declarações de Miguel Martins, no final, a mostrar o que é um jogador À PORTO, a contrastar com as do treinador do Sporting (de quem até gosto!) ao dizer que sai triste da competição porque o FC Porto é uma equipa perfeitamente ao alcance do Sporting…
Segue-se agora o primeiro jogo da Fase Final do Andebol 1, com a recepção ao Belenenses, para no fim de semana viajarmos até Cuenca para defrontar os espanhóis naquela que será a 5ª jornada da EHF Cup e que poderá dar-nos o apuramento para os ¼ em primeiro lugar!!!

Resumo
Notícia
Classificação EHF Cup

Próximos jogos:
FC Porto – Belenenses (Campeonato / Fase Final – 1ª J) Dragão Caixa / Qua / 20 Mar - 20h30
Liberbank Cuenca - FC Porto (EHF Cup / 5ª jornada) P.P. “El Sargal” / Dom / 24 Mar - 11h00

Basket:
No basket, eis que veio a glória!!! Ao fim de 11 derrotas seguidas com a UD Oliveirense, desde 2017, o FC Porto conseguiu ontem a tão desejada vitória frente à sua actual “besta negra”, por 83-80, após vitórias frente ao Barreirense e Lusitânia e que, no total, nos valeram uma saborosa Taça de Portugal, a confirmar que finalmente estamos aí para a luta, tanto nesta 2ª fase, que se inicia agora, como no playoff!
De facto, um jogador cerebral como Tinsley, que parece nunca ter saído de cá e uma “besta” como Graves, melhoraram substancialmente a nossa qualidade e opções…pelo que…os resultados estão à bem vista! Vamos ver o que nos traz o resto da época, sendo que este troféu já ninguém nos tira e vai direitinho para o nosso museu!!! Muitos Parabéns ao basket!!!

Notícia, inclui o vídeo de um resumo do jogo.
Classificação

Próximo jogo:
FC Porto – SC Lusitânia (LPB / 2ª Fase / 1ª jornada) Dragão Caixa / Dom / 24 Mar - 18h00

Hóquei em patins:
No hóquei, jogo decisivo frente ao último “grande” e actual campeão e que, provavelmente, decidiria o campeão para esta época…isto se não houver percalços, como por exemplo, em Braga, Barcelos ou até Valongo! Foi uma partida que me deu um gozo enorme, tal os argumentos tácticos apresentados, com um hóquei vertiginoso de parte a parte (este Sporting joga hóquei! Já o regime…mistura muito com a natação…) e com um 0-0 que se manteve até cerca dos últimos 12 minutos! Um penalty convertido por Gonçalo Alves acabou por desbloquear a partida, fechada nos últimos segundos, quando os forasteiros jogavam 5 para 4, sem GR. Reinaldo Garcia interceptou a bola, passou com mestria por Pedro Gil e deslizou com a redondinha para dentro da baliza leonina, fazendo o 3-1 final que, após vitórias sobre o regime e UD Oliveirense, nos coloca com um pé no título, DESDE que não haja surpresas desagradáveis até final.
Foi um jogo em que os GR brilharam, especialmente o nosso Filipão, uma autêntica muralha que só foi transposta uma única vez, aliás, após lance irregular que beneficiou os lagartos, quando Girão se atirou 1m para a frente da baliza, num livre directo de Hélder Nunes e que os árbitros, inexplicavelmente, não quiseram repetir!!!
Resumindo, temos tudo para trazer mais um caneco para o museu…haja concentração!!!

Resumo
Notícia
Classificação campeonato
Classificação e umas coisas mais sobre a Euroliga

Próximo jogo:
HC Forte dei Marmi – FC Porto (Liga Europeia ¼ Final -1ªmão) Palaforte / Sáb / 23 Mar - 20h00.

F.C.Porto 3 - Marítimo 0. Objectivo cumprido, agora é esperar para ver...


Depois do empate do Benfica frente ao Belenenses SAD, que deixou o F.C.Porto em igualdade pontual com o líder, resultado que funcionou como mais um estímulo para todo o universo portista e deixou claro para quem ainda tivesse dúvidas, que a questão do título não é caso arrumado e é preciso acreditar que ainda tudo pode acontecer, o conjunto campeão nacional defrontava o Marítimo e era fundamental vencer. Porque só vencendo pode manter a chama acesa, porque vencendo também coloca pressão no SLB. O objectivo foi conseguido e agora, com os três pontos no baú e de volta à liderança isolada, é só esperar para ver o que vai acontecer mais logo com o clube do regime em Moreira de Cónegos.

Sobre o jogo...
Frente a uma equipa que ficou muito cedo reduzida 10 jogadores por expulsão de Lucas Áfrico aos 7 minutos e só defendeu - embora ache que era essa a estratégia de Petit, mesmo com 11 -, o F.C.Porto mesmo não estando muito inspirado na primeira-parte, fez o suficiente e criou algumas boas oportunidades para chegar ao intervalo em vantagem. Não conseguiu porque não teve engenho nem arte para encontrar as melhores soluções para poder finalizar e quando as encontrou para fazer a bola entrar na baliza dos insulares.

Na segunda-parte, muito pela entrada de Manafá, o F.C.Porto soltou-se, melhorou a qualidade, a partir do momento que chegou à vantagem as coisas ficaram mais fáceis. Mais tarde veio o segundo por Militão - ou será que Marega tocou na bola e é dele o golo? -, já quase no fim Brahimi fez o terceiro e deu mais cor ao justíssimo triunfo do campeão nacional.

Dos jogadores que estavam em risco para a próxima jornada em Braga, nenhum levou amarelo e assim, se não houver qualquer azar até lá, teremos o F.C.Porto na máxima força na Pedreira.

Liverpool - F.C.Porto. Eles são favoritos, mas somos Dragões, não somos perus...


Todos nos queriam, quem nos leva é novamente o Liverpool. É uma eliminatória em que o conjunto da cidade dos Beatles é naturalmente favorito - basta recordar o que aconteceu na época passada... -, mas o F.C.Porto não tem nada a perder, tem tudo a ganhar. E apesar dos ingleses terem um grande treinador, uma equipa fantástica, composta por jogadores de topo do futebol mundial, um trio atacante com Salah, Firmino e Mané, talvez o melhor do mundo, como somos Dragões e não perus...

1ª mão a 9 de Abril, em Anfield, 2ª mão no Dragão a 17 de Abril.
Em caso de passagem às meias-finais, o F.C.Porto defrontará o vencedor da eliminatória entre Manchester United e F.C.Barcelona.

Até lá, concentração total no campeonato, amanhã frente ao Marítimo é fundamental vencer.


Modalidades: Semana em pleno para o F.C.Porto!, por Pedro Pinto


Bons resultados e…a RETOMA do nosso basket!
Sobre o futebol, queria obviamente destacar a fabulosa vitória frente à AS Roma, que nos levou aos ¼ de final da Champions (algo impensável num plantel tão espremido por SC!!!), bem como a boa vitória da equipa B, frente ao Leixões e a excelente vitória dos Sub-19, frente ao Sporting, por 5-1 (!), eles que têm esta semana os 1/8 de final da UEFA Youth League, frente ao Tottenham, no Olival!
Apenas um reparo sobre o jogo de ontem na Feira… mesmo descontando o cansaço extremo, acho que fizemos um jogo algo…irresponsável, em que nos expusemos demasiado a um qualquer erro, capaz de nos arrumar definitivamente do título! A não repetir PF!!! Não gostei! Nas modalidades, o nosso andebol teve um percalço frente ao Sporting, a meio da semana, mas voltou à normalidade com uma vitória expressiva frente ai ISMAI, na última jornada da fase regular, ficando no 1º lugar. Bom prenúncio! No basket, os reforços começam a mostrar-se e a equipa acaba por tirar dividendos disso, parecendo que finalmente temos a tão ansiada retoma desportiva…veremos se continua agora
na Taça de Portugal e depois no Play-off… No hóquei, 1º lugar garantido no nosso grupo da Liga Europeia, com mérito, numa suada vitória frente ao Réus, o que significa que iremos disputar os ¼ de final frente aos italianos do Forte dei Marmi. No campeonato, iremos também defender o 1º lugar frente ao Sporting, num jogo explosivo, marcado para o Caixa no próximo Sábado! A não perder!!! 

Notícias soltas sobre o nosso clube:
Ciclismo
Boxe
Boccia
Treinos de captação

Andebol:
No Andebol, o FC Porto voltou, vários jogos depois, a ser derrotado pelo…Sporting! Apesar do bom jogo no Pavilhão João Rocha, na passada 4ª feira, em que esteve sempre na frente até aos últimos 5 minutos, o FC porto Sofarma acabou por baquear fisicamente e perder por  26-23! Apesar disso, graças à vitória de Sábado por 31-19, frente ao ISMAI, no Dragão Caixa e à vitória do regime frente ao Sporting, acabámos por ficar com o 1º lugar da Fase regular, provavelmente com os mesmos pontos dos lagartos…tudo em aberto quanto ao título!
Segue-se agora mais uma dificílima recepção ao Sporting, para a Taça de Portugal, a qual poderá valer quase um título, uma vez que o principal oponente ficaria de fora! Por isso…ENCHER o Caixa, PF!!!
Resumo
Notícia
Classificação Andebol 1

Próximo jogo:
FC Porto – Sporting CP (Taça de Portugal) Dragão Caixa / Dom / 17 Mar - 16h00

Basket:
No basket, os dois reforços de peso – Will Graves e Brad Tinsley parecem começar a carburar e, com isso, parece que temos finalmente uma retoma, tanto de resultados como exibicional! Após a importante vitória em Guimarães durante a semana por 77-84, voltamos a ganhar, desta feita ao CAB Madeira, no Caixa, por claros 93-61 (!!!) naquela que foi a última jornada da Fase regular e que nos confirmou no 3º lugar para a disputa do play-off!
Julgo que demorou demasiado mas…nunca é tarde para quem sonha, pelo que vamos seguir sonhando com uma fase final de raça e qualidade à Porto, até porque é quase um começar do zero!
Por enquanto, atenções viradas para a Taça de Portugal, a disputar em Portimão, frente ao Barreirense e, se passarmos, frente ao vencedor do Lusitânia vs Terceira. Boas hipóteses!!!
Resumo
Notícia
Classificação

Próximo jogo:
FC Porto – Barreirense (Taça de Portugal) Portimão Arena / Qui / 14 Mar - 20h30

Hóquei em patins:
No hóquei, última jornada da fase de grupos da Liga Europeia, onde se decidia o 1º lugar do Grupo! Jogo muito tático, com um Réus bem fechadinho, a não arriscar, o que trouxe um intervalo com 0-0, não muito atractivo para o público do Caixa…Na 2ª parte, tudo mudou, com golos em catadupa, de um lado e do outro, atingindo um 6-3 final que não corresponde ao que se passou no ringue mas que acabou por eliminar o Réus da prova, uma vez que só poderiam perder por 1 golo. Assim, o Lodi passa em 2º, enquanto nós iremos defrontar os italianos do Forte dei Marmi, para os 1/4 de final!
A consistência ainda não é a de há uns tempos mas…ganhámos! Agora vem ai o jogo do título, frente ao Sporting e que temos de vencer se quisermos ser campeões (mas não chega..!)
Resumo
Notícia
Classificação do campeonato
Classificação da Euroliga

Próximos jogos:
Escola Livre Azeméis – FC Porto (Taça de Portugal) Escola Livre Az. / Ter / 12 Mar - 21h00
FC Porto – Sporting CP (Campeonato) Dragão Caixa / Sáb / 16 Mar - 18h00

C.D.Feirense 1 - F.C.Porto 2. Sofrido, mas conseguido. A Champions não mata, mas mói


Depois de uma noite de emoções à flor da pele, grande desgaste físico e psicológico, no jogo dos oitavos-de-final da Champions, sem ter tempo para saborear um belo triunfo e uma passagem merecida e muito saborosa aos quartos, o F.C.Porto tinha em Santa Maria da Feira, frente a um Feirense último classificado e dar para tudo para manter a esperança, um jogo importante e em que só a vitória permitia saltar para a liderança, mesmo que à condição e continuar a pressionar o líder.

Sérgio Conceição não poupou ninguém, entrou com a mesma equipa que iniciou a partida com a Roma - Casillas, Militão, Felipe, Pepe e Alex Telles, Otávio, Herrera, Danilo e Corona, Soares e Marega - e F.C.Porto foi à procura do único resultado que lhe interessava, a vitória.

Entrou a perder, conseguiu dar a cambalhota, resultado ao intervalo. Na segunda-parte não fez o terceiro, com a diferença mínima a manter-se, o Feirense acreditou, os portistas cansados e pouco inspirados, sofreram, mas o objectivo foi conseguido, os três pontos conquistados e a liderança recuperada. Veremos se apenas por 24 horas...

Depois do grande esforço da última quarta-feira, não era expectável um show de bola.
A Champions não mata, mas mói.

A cara do João Capela no final do jogo de ontem, chega a emocionar de tanta tristeza... AQUI

Para o Serpa, com todo o "carinho e amizade" do Manuel Vila Pouca e Jorge Vassalo



Para quem não me acompanha no facebook e no twitter:
Sua excelência D.Vítor Serpa, a Rainha de Inglaterra:
«O FCP parece continuar a ser, assim, o único clube português capaz de se reconhecer, do ponto de vista de uma cultura desportiva e competitiva, como uma equipa do mundo, mesmo que, um tanto ironicamente, não o consiga afirmar de forma institucional, onde continua sem desatar o nó REGIONALISTA e até mesmo PROVINCIANO que ainda o prende.»

Era para elogiar, mas lá está sempre a cassete do provincianismo e regionalismo... como se o FCP não fosse um clube mundial, conhecido e reconhecido em todo o mundo. Mesmo quando é tão maltratado, boicotado, ignorado e vítima dos ataques mais vis neste Portugal dos pequeninos.
Que pena!

Para abrilhantar junto um eloquente texto do Jorge Vassalo:
«SIM, somos regionalistas, com muito orgulho. Orgulhosamente, ostentamos no nosso nome o da nossa Cidade, e incluímos as armas da mesma no nosso Brasão. SIM, somos REGIONALISTAS, porque temos orgulho em representar MUNDIALMENTE uma região que VOCÊS diminuem, marginalizam, ocultam e reprimem de forma absolutamente ofensiva!
Sim, e bem sabemos que é um desiderato que vocês levam de uma forma profissional, articulada e bastante, porque não dizer, competente.
Os três Fs salazarentos, do regime que vocês querem perpetuar, estão bem vivos. E sim, bem sabemos que o F de Fátima já é, vá, negligenciável, mas o F de futebol rima como vosso querido slb, da vossa capital do império de outrora, o 5º Império de Pessoa que tanto quereis fazer prevalecer!
Lamentavelmente, a realidade nada quer ter a ver convosco, porque é sempre desmentida como o delírio opiáceo que tendes: somos NÓS, da dita província, motor de Portugal, na realidade, levamos o nome e elevamos o ranking nacional pela Europa e o Mundo pós-ditadura colonialista!
Vós sim, num exercício delirante e, esse sim, profundamente PROVINCIANO, é que, coadjuvados pelo Poder fajuto do LAGUINHO que quereis perpetuar, cantais loas a factos que não passam de venturas oníricas, desde craques proveta em pré-venda que se esfumam mal passam o crivo apertado do soro da verdade fronteiriço, onde a assimetria do campeonato do beija-mão que orgulhosamente propagais se torna evidente, e toda a marcha do poder que permitis para viciar este jogo vos ridiculariza!
Vós sim, é que aplaudis a atitude, essa sim, PROVINCIANA, de desvalorizar a Europa do futebol com SUPOSTAS gestões - trocas mínimas só são gestões abaixo do Mondego! - em prol de serem pseudo-reis a qualquer custo, no laguinho onde dominais poder desportivo, político, judiciário e os média onde vos incluis, constantemente tentando diluir e branquear atropelos sucessivos ao que devia ser um esforço para tornar competitivo um campeonato paradoxal, onde se formam jogadores de craveira internacional, mas
onde existe uma assimetria competitiva que nos envergonha!
Ah, dor imensa, pois não conseguis branquear a verdade de que, quando não existe essa inclinação para a qual contribuís, o vosso incensado passa a ridículo, com prestação ao nível PROVINCIANO, enquanto os que injuriais se destacam, sendo apenas batidos por vice-campeões europeus, na Rainha de todas as provas!
Continuai a chamar-nos o que sois! Só nos fortalecerá ainda mais!
E enquanto o vosso afã protector vai denegrindo a imagem do País que defendemos, ao tentar proteger os escolhidos, não se coibindo de prejudicar uma das mais importantes investigações que trará Justiça ao Desporto-Rei, criando "factos" e ligações desmentidas pelos próprios funcionários da instituição, envergonhando a todos nós na demonstração terceiro-mundista do vosso pensamento!
Assim sendo, é fácil de ver que somos ORGULHOSAMENTE REGIONALISTAS, tendo apenas pena que outros não se juntem a nós ao fazer o beija-mão daqueles que os gozam e diminuem, mas PROVINCIANOS sois VÓS, ao querer que Portugal inteiro se reduza à vossa insignificância, provada onde mais interessa!»

F.C.Porto 3 - A.S.Roma 1 (AP). O sonho mais lindo sonhei... e como sonhar não faz mal à saúde, não é proibido e não paga imposto...


Dragão cheio, grande ambiente e entusiasmo, um apoio fantástico durante os 120 minutos, vitória e passagem aos quartos, justíssima, de um belo e competente Porto. Foi um Porto de Champions, que não merecia sofrer tanto, era da mais elementar justiça que o jogo tivesse ficado resolvido nos 90 minutos.
Depois de uma derrota que deixou marcas, conseguir dar esta resposta, só é possível porque este grupo tem carácter, atitude, um grande espírito, até pode quebrar, mas nunca torce, cai, mas nunca fica prostrado.
Parabéns por mais uma noite de alegria e orgulho portista.
Seguimos e como diz o título...

O F.C.Porto na 2ª parte do jogo frente ao SLB foi muito mais perigoso e teve muitas mais oportunidades que a Roma na parte final do prolongamento; o jogo de ontem até acabou com o F.C.Porto a poder marcar, faltou mais critério a definir e mais assertividade a passar; mas aquilo que foi apenas competência no sábado, passados uns dias transformou-se num milagre.
Mesmo quando se pretende elogiar, deixa-se sempre a marca indisfarçável da azia e da inveja.

- Copyright © Dragão até à morte. F.C.Porto, o melhor clube português- Edited by andreset