Populares Mês

Umas pequenas notas sobre as saídas de Fábio Vieira e Vitinha


Mesmo numa situação normal e não nesta situação dramática em que anda há vários anos a vender os anéis para salvar os dedos, o F.C.Porto que sempre foi um clube vendedor, não podia desperdiçar a oportunidade de transferir Vitinha por 40 milhões de euros. O futebol é momento, o momento surgiu, manter o jogador e esperar a evolução que se perspectiva para vender ainda melhor, seria correr riscos que a F.C.Porto - Futebol, SAD não se pode permitir nesta altura do campeonato - quantas vezes esperamos evolução e há estagnação? Surgiria outra oportunidade nos próximos anos?


Mas sobre a saída ficou claro que Vitinha não foi transferido pela cláusula, quando é assim quem suporta os encargos é o clube comprador e no caso é o F.C.Porto que vai pagar os encargos de intermediação 10%.  Vitinha, para já, saiu por 36 milhões. Aguardemos também pelo R&C para conhecer os detalhes, saber, se não vem aí alguma surpresa desagradável, por exemplo, se era do F.C.Porto - Futebol, SAD a totalidade do passe ou de mais alguém, Jorge Mendes, familiares de Vitinha, como aconteceu com Fábio Silva...

Idem para o negócio de Fábio Vieira para o Arsenal. Para já, sabe-se que vão ser pagos 10% de intermediação a Jorge Mendes. Veremos na altura certa se será apenas esse o valor despendido.

Como vamos sair desta situação? Qual o plano, a estratégia? Vamos continuar a depender exclusivamente do trabalho notável de Sérgio Conceição e dos milagres muito bem pagos de Jorge Mendes? Para ter orçamentos equilibrados vamos continuar a ter de fazer cerca de oitenta milhões por ano de mais valias? O que está a ser feito para alterar esta situação?
 
PS - Desde Janeiro saíram do F.C.Porto, para além de Luis Díaz melhor jogador do F.C.Porto e do campeonato, Corona, Sérgio Oliveira, Mbemba, Fábio Vieira e Vitinha, uns mais do que outros - o mexicano já não queria nada com isto...- mas tudo jogadores importantes no plantel e na equipa.
Veremos quem entra... Porque se é um facto que tão importante como quem sai é quem entra, mesmo quando se contrata qualidade há sempre um período de adaptação ao país, à cidade, à equipa, aos métodos de trabalho, etc. Mais uma vez Sérgio Conceição vai ter de fazer das tripas coração.


F.C.Porto campeão nacional de hóquei em patins

 

Ao vencer o Benfica por 3-2 no 5° e decisivo jogo da final do play-off, o FCP sagrou-se campeão nacional de hóquei em patins.

Depois do futebol, voleibol feminino, andebol, o hóquei. Só faltou o basquetebol para o pleno portista.

Parabéns a todos, mas em particular a um Homem a quem o hóquei do FCP deve muito: Ilídio Pinto.

Só constato...

 

Luís Díaz 45 milhões+objectivos. Darwin 75 milhões+objectivos.
E não digo mais nada para não me sair o coração de Dragão pela boca fora.
 
Gestão:
Cristiano Ronaldo, entrou de férias mais cedo, estava bem fisicamente, foi apenas gestão, disse o seleccionador. Já Pepe, 39 anos, em 11 dias fez os 90 minutos nos quatro jogos e sempre a dar o litro. Vai ter menos férias e se mais tarde vier a pagar o preço de tanta utilização, o FCP aguenta...ai aguenta, aguenta!


Parabéns F.C.Porto, tri-campeão - devia ser tetra...- nacional de Andebol


Ao vencer o Águas Santas por 34-18, o F.C.Porto sagrou-se Tri-campeão - devia ser Tetra...- nacional de Andebol. Muitos parabéns!

Nem o mais fanático dos adeptos adversários colocará em causa o mérito e a justiça do conjunto superiormente orientado por Magnus Anderson.

Aí vão três e na luta por mais dois - Basquetebol e Hóquei em Patins.

Será por isto que eles não podem connosco?

 


17 de Maio de 2017: F.C.Porto, olha-me nos olhos e presta atenção que vou falar contigo


Nesse dia e com o Benfica a sagrar-se tetracampeão, triste e desiludido com o rumo dos acontecimentos, escrevi isto como uma espécie de grito de revolta:

«- F.C.Porto, olha-me nos olhos e presta atenção que vou falar contigo.
Vê só o que li hoje na Bosta. Primeiro vou citar o freteiro com calo no cu como o macaco, Delgado, esse faccioso, sectário, peão de brega ao serviço do Benfica/clube do regime:"O Benfica, que provou estar alguns passos à frente da concorrência, pode até estabelecer como objectivo (para além da presença na prova rainha da UEFA) a conquista do hexa, proeza inédita em Portugal e que catapultaria jogadores, técnicos e presidente para o Olimpo da fama a nível nacional." Agora, vê só o que disse outro vómito, o cartilhado, Nuno Traumatismo Ucraniano Paralvas:"Na Luz, ninguém ignora que as circunstâncias são positivas para o Benfica aproveitar as fragilidades e instabilidade dos principais rivais, F.C.Porto e Sporting. E perseguir um inédito... hexa em Portugal."
Topaste, Porto? O penta já um dado adquirido, eles já pensam no hexa! E a culpa é tua, Porto! Não percebeste os sinais, adormeceste, facilitaste, tornaste-te arrogante, erraste muito na opções que tomaste e agora deu nisto, qual penta qual carapuça, eles já olham para o hexa. Acorda, Porto, mas acorda mesmo.
 
Analisa, pondera, traça rumos e decide. Mas decide bem, porque tens andado a decidir muito mal. E depois, com a humildade dos grandes e sem desculpas de mau pagador - não perdias tempo com esse tipo de desculpas no tempo do amadorismo e vais perder agora no tempo de um profissionalismo ao mais alto nível? - explica, mas explica com clareza, objectividade qual vai ser o caminho.
Exige coerência a quem te serve e a coragem de colocar os teus interesses acima de calculismos pessoais. Porque és tu e apenas tu que tem de ficar bem na fotografia. Embora, diz-nos a história, se ficares mal, não vem nenhum mal ao mundo, pelo contrário. O que não podes é criticar o Salazar e um teu funcionário dar os parabéns a Salazar.
Também não podes ver fantasmas naqueles que te querem bem, com paixão e por isso tens de ser tolerante com um ou outro exagero, porque o inimigo está mais longe. Mas se achas que tens algum inimigo por perto, age, corta o mal pela raiz.

Arranja o homem e os homens certos, porque a luta vai ser ainda mais difícil. E não tenhas medo de apontar contra o poder político, nem contra o chamado quarto poder, quarto poder esse que salvo cada vez mais raras excepções, está de cócoras, capturado pelo inimigo e trata-te muito mal. Volta ao tempo do quem toca no Porto... leva a resposta! Volta ao lema, olho por olho, dente por dente.
Tu vais ser capaz de alterar isto, não vais Porto? Tens de ser capaz de alterar... Porque apesar de tudo, de um ciclo negativo como nunca tinha acontecido nos últimos 30 anos, das asneiras cometidas, ainda tens uma grande maioria que gosta de ti e não te abandona.
Fico à tua espera... não demores.»

Passados 5 anos o F.C.Porto não só não permitiu o tetra, que a hegemonia para 10 anos, um Benfica à imagem da Juventus, ou Bayern, como prognosticavam algumas mentes "privilegiadas", como conquistou 3 campeonatos, 2 dobradinhas, campeonato e taça de Portugal, mais uns trocos, Supertaças. Se como podem ver AQUI e AQUI, no balanço dos dois títulos anteriores, os méritos estão bem definidos - obviamente, é apenas a minha opinião e vale o que vale -, nesta não há grandes diferenças. Como sabem e está bem claro no dois posts referidos, no "meu Porto" em 1º lugar perde e ganha o presidente, este título volta a ter como grande obreiro Sérgio Conceição - sem esquecer a sua equipa técnica, os jogadores e os adeptos. Para além de ter a mesma vontade de ganhar que o mais apaixonado dos adeptos do F.C.Porto, Sérgio incorpora algumas máximas que desde há muito tempo me habituei a ver como lemas do que é ser Porto.
"Exagerando, até podemos perder os jogos todos, mas nunca podemos sair do campo sem a consciência que fizemos tudo para ganhar."
"Mesmo quando temos derrotas que deixam marcas, não podemos ficar prostrados, baixar os braços, lamentar a nossa triste sina. Não, temos de sacudir a tristeza, reagir rápido, ganhar o jogo seguinte."
"Somos um clube de resistentes e não de desistentes, temos a obrigação de acreditar até ao fim."
"O portismo não se apregoa, pratica-se. Até podemos estar descontentes com algumas, muitas coisas, mas não damos o flanco, quando tocam no F.C.Porto, aí não ha divisões, cerramos fileiras, estamos unidos na defesa do nosso clube."
 
Tudo isto esteve sempre presente, mesmo quando algumas derrotas custaram muito a digerir - particularmente na Champions League - nunca a equipa ficou caída, reagiu sempre em força, a nível interno foi extraordinária - não dou grande importância ao desaire na taça da Liga -, juntou o útil, pontos, ao agradável, boas exibições, em muitos jogos - repito, só por cegueira, má-fé, ou fanatismo doentio, não se reconhece o mérito do F.C.Porto nesta dobradinha. E se destaco os méritos do treinador, é também porque não esqueço aquilo que disse o senhor presidente quando da renovação de Sérgio Conceição. Mais coisa menos coisa e metaforizando: "Sérgio tem comido muito carapau, quero dar-lhe algum bife do lombo". Pois, o melhor bife do F.C.Porto e do futebol português - até dou de barato Sérgio Oliveira e principalmente, Corona -, foi vendido a meio da época, sabe-se lá e olhando para a história do foi a Liga Europa desta época, se não impediu um brilharete europeu?
Sérgio tem contrato, tudo indica que vai continuar. É a hora de cumprir a promessa, dar-lhe mais carne da boa e menos carapau.

O vazadouro da queimada usa o F.C.Porto para o cliquebite.

A final da taça foi uma festa, grande convívio entre os adeptos das duas equipas, o F.C.Porto venceu com mérito indiscutível, depois do campeonato na Luz, a dobradinha no Jamor. Que chatice! Isto está mau para o cliquebaite, é preciso alimentar o fanatismo e o anti-portismo, o que fazer? Temos de arranjar uma polémica. Arranja-se, melhor, inventa-se. "Foi bem assinalado penálti  que deu origem ao 1° golo do F.C.Porto? Vote".
E antes não há um penálti sobre o Pepê, pergunto eu? 


F.C.Porto 3 - Tondela 1. Dobradinha, ingredientes: Sintrense, Feirense, Benfica, Vizela, 2xSporting e Tondela

 

Não vale a pena dizer muito sobre o jogo. Superioridade absoluta do F.C.Porto frente a um Tondela muito recuado. 1ª parte não foi famosa, melhor a 2ª, nem o golo do Tondela, claramente contra a corrente do jogo, perturbou a superioridade portista, já que logo de seguida o génio de Otávio descobriu Taremi e o iraniano redimiu-se do penálti falhado e acabou com todas as dúvidas.

 

A nível interno foi uma temporada brilhante, só por cegueira ou má-fé alguém pode contestar as sucessos do F.C.Porto.


Caixa de comentários

F.C.Porto 2 - Estoril 0. Acabar em beleza e com recorde de pontos, 91


Num Dragão lotado e em festa, o F.C.Porto ainda na ressaca da conquista do título, venceu o Estoril por 2-0, bateu o recorde de pontos no campeonato, 91, estreou os jogadores que ainda não tinham jogado, Cláudio Ramos, Meixedo, Rúben Semedo e Fernando Andrade que até marcou o 2° golo.

 

Só quem não estiver na posse de todo o juízo pode colocar em causa o mérito do título dos Dragões.

Agora façamos a festa que bem merecemos.


Caixa de comentários

O Benfica sempre igual a si próprio e os vendilhões do templo


 

Não admira que o Benfica, 3° classificado a DEZASSETE PONTOS do 1°, faça um filme de terror, com o Braz à cabeça, logo ele, acerca do VAR ter anulado o golo por fora-de-jogo de 2 centímetros. Eles são, sempre foram assim. Quem fica em 4° lugar a VINTE E TRÊS PONTOS do campeão F.C.Porto e teve a petulância de falar em campeonato viciado... é capaz de tudo.
Bom, mesmo bom seria ter arbitragens, por exemplo, como aquela de Hugo Miguel em Vila de Conde, no título de Bruno Lage - o F.C.Porto, recorde-se, ficou em 2° a DOIS PONTOS -, com penálti descarado, mas não assinalado, seguido de um golo validado num escandaloso fora-de-jogo. Ou aquela de Jorge Sousa, no F.C.Porto vs Benfica, com um golo a ser anulado por fora-de-jogo, com o avançado do F.C.Porto, Aboubakar, em jogo, não dois centímetros, nem dez, nem meio metro, nem um metro, mas dois metros e uns quantos centímetros. Mas este comportamento só acontece porque qualquer queixa do Benfica é  sempre amplificada pelos vendilhões do templo. Eis um bom exemplo...


 
Dois centímetros é um palpite, três é fora-de-jogo nítido.
Enquanto adepto do F.C.Porto, mas também do futebol, obviamente que custa muito ver um golo ser invalidado por poucos centímetros. Tanto é assim que já escrevi que devia haver um limite que chamei de bom senso, vá lá, 5 cm, em que até esse limite o golo não seria invalidado - claro que quem só quem desviar as atenções dos seus erros, apelar ao fanatismo dos adeptos, se tivesse um golo invalidado por 6 cm reclamaria na mesma...
O curioso é que o F.C.Porto já viu golos serem anulados por 3 cm, por exemplo, Rio Ave e Benfica, mas onde estava nessa altura Vítor Serpa, que hoje no panfleto da queimada diz que o golo de Darwin, em nome do tal bom senso, devia ter sido validado? Porque é que este nojento e outros como ele - não me refiro aos adeptos dos clubes porque a esses a paixão tolda-lhes o raciocínio -, jornalistas, só despertam para estas situações quando se trata do Benfica?
Esta gente quando pronunciasse a palavra jornalista ela devia estourar-lhe na boca como uma castanha.

 
Para terminar, uma modinha adaptada...
Ó Claudinha, vem à janela
Ó Claudinha, vem à janela
Vem ver a festa, ai ai ai, junta-te a ela,
ai ai ai, junta-te a ela, ai ai ai, junta-te a ela...

Parabéns F.C.Porto, brilhante campeão nacional 2021/2022

 

É da mais elementar justiça destacar o grande obreiro do título

 

Agora segue-se o Sim, mas o Pinto da Costa... Sim, mas o Luís Gonçalves... Sim, mas o Sérgio Conceição... Sim, mas o Pepe... Sim, mas o VAR... Sim, mas os árbitros... Sim, mas o sistema... 

Metam o mas no buraquinho ao fundo das costas. É F.C.Porto brilhante CAMPEÃO NACIONAL 2021/2022, PONTO!

Curioso que se fale em 2 cm no golo anulado ao Benfica, quando no jogo anterior tinha sido validado um golo ao Vizela, no jogo com o F.C.Porto, por ZERO! cm.


Tirando o Basquetebol, ver abaixo, foi um sábado fantástico para o Universo do F.C.Porto.


Basquetebol, Taça de Portugal, meias-finais, Sporting 66 - F.C.Porto 58.
Uma equipa muito irregular, tão depressa faz um excelente jogo como a seguir faz um jogo fraco. Não raras vezes durante o jogo faz quartos de qualidade como borra a pintura com quartos fracos. É importante estabilizar e ser regular agora que vamos entrar nos play-offs.


Hóquei em Patins, Sanjoanense  3 - F.C.Porto 6.
O objectivo desta fase, terminar em 1º lugar e garantir o factor casa nos play-offs foi garantido. Agora todo o cuidado é pouco, mas como o Dragão tem sido uma fortaleza... 


Andebol, Sporting 28 - F.C.Porto 29.
Não podíamos perder caso contrário o título passaria a ser uma miragem. Com o empate dependeríamos apenas de nós. Com a vitória só uma catástrofe o título fugiria. Num jogo muito disputado, o F.C.Porto fez uma grande 2ª parte, venceu e tem o título ao virar da esquina.


Voleibol feminino, veremos amanhã no jogo decisivo frente ao Leixões no Dragão Arena.

- Copyright © Dragão até à morte. F.C.Porto, o melhor clube português- Edited by andreset