Populares Mês

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Jorge Coroado dispensado de dois OCS por influência do clube do regime?

Longe vão os tempos que Danilo era atacado, apenas por uma razão: tinha sido muito caro - como se o jogador fosse culpado por o F.C.Porto ter pago por ele uma pipa de massa. Até o facto de vestir a camisola número 2, a camisola que usam normalmente os laterais-direitos, meteu confusão a algumas cabecinhas pensadoras. Será que o número 2 devia ser retirado, após Bruno Alves ter saído? Mas agora já ninguém questiona o preço de Danilo, nem o facto de ser o número 2. Danilo é incontestável e tem feito por merecer ser considerado assim. Para além de um excelente rendimento em campo, o jovem internacional brasileiro tem sido um excelente profissional, alguém que valoriza o clube que o colocou na montra. Ainda agora, quando se fala do interesse do Barça, Real, Juventus ou Liverpool, Danilo respondeu à altura, dizendo: «É uma coisa natural, quem joga no FC Porto está sempre a dar nas vistas. Mas a minha preocupação, neste momento, é apenas a de ajudar a minha equipa»
Não tenho dúvidas, Danilo partirá, seja para um dos clubes citados, seja para outro dos mais endinheirados. Foi caro, mas ainda dará lucro. Deixará saudades, a mim, muitas!

Não é novidade para os portistas e desde há muito tempo, que o F.C.Porto tenha muito mais reconhecimento lá fora que cá dentro. Por isso quando o jornal suiço Le Matin nos faz grandes elogios ou o internacional helvético do Basileia, Fabian Frei, diz que fomos mais fortes colectivamente que o Real Madrid, ficamos contentes, orgulhosos, mas é apenas a confirmação daquilo que vamos vendo ano após ano.

Também não é novidade para os portistas que treinador do F.C.Porto que vista a camisola, não tenha medo de enfrentar os "jornalistas", dizer-lhes algumas verdades na cara, seja logo catalogado de arrogante e outros mimos similares. Portanto, Lopetegui já é um alvo do jornalismo rafeiro e prostituído, só porque já os topou, já sabe o que eles querem, o que os move, e reage. Formulo um desejo: que Julen Lopetegui seja tratado como foi José Mourinho quando treinava os Dragões. Era muito bom sinal...
 
Tinha escrito isto, ainda não tinha lido os artigos do Pimpim, pam, pum, e do outro, mas que apenas confirmam a minha teoria. Só nos faltava agora que um qualquer Pimpim, vermelho e jornalista de um jornal vermelho, estivesse preocupado com a falta de exigência dos adeptos portistas. Sabemos muito bem, porque estamos lá sempre, a importância de conseguir resultados que permitam atingir os objectivos, no caso seguir para os oitavos-de-final. E um empate com golos é um bom resultado. Até parece que no futebol quem joga melhor ganha sempre, muitas vezes não empata ou até perde. Será que o Pimpim mostrou tanto incómodo por o mais melhor, maior, grande clube do mundo, nem para a Liga Europa se ter qualificado? Na semana passada tinha sido o Bonzinho, hoje foi o Pimpim, ontem tinha sido este. Mas reparem na boa-fé deste Vasconcelos: o golo que o F.C.Porto sofreu é ridículo, é uma jogada que o Baseleia já tinha feito contra o Ludogorets, logo não podia acontecer. Mas este rafeiro acha que os jogadores não estavam  avisados? Acha que o treinador do F.C.Porto não faz o trabalho de casa? Faz, claro que faz, mas quem executa no campo são os jogadores e muitas vezes, mesmo estando muito avisados cometem erros, falham. Foi o que aconteceu. Eles até se repetem. Todos os pingarelhos da queimada estão muito preocupados com o F.C.Porto e o seu treinador. É tanta preocupação que até fico comovido... Não conheço nenhum treinador do F.C.Porto que tenha gerado um consenso total, nem os mais ganhadores escaparam às críticas. Mas não deixa de ser curioso que é no momento que Julen Lopetegui mais consenso vai gerando entre os portistas que aparecem estes artistas a criticarem o treinador basco. Desistam, Lopetegui já provou que não se encolhe, não vira a cara à luta, ides levar com ele! Com ele e connosco!

Ler o Pimpim no artigo do Pedro Marques Lopes.
Enfim, mas também vos digo, é preferível ser ignorado que receber elogios desta lixeira a céu aberto.
Chamar a isto jornalismo, é uma ofensa para quem faz jornalismo. Jornais da Cofina, um laranjal de mau cheiro!

- Copyright © Dragão até à morte. F.C.Porto, o melhor clube português- Edited by andreset